Sobre livros

Saudades do Atari

3

Quem era jovem nos anos 1980 vivenciou uma grande paixão que, até hoje, rende muita nostalgia. Como era bom, depois da escola, ficar a tarde inteira jogando Space Invaders na casa do vizinho. Ou se aventurar como tenista no Pong na loja de fliperama mais próxima.  Há exatos 39 anos, em 27 de junho de 1972, Nolan Bushnell e Ted Dabney fundavam aquela que seria uma das empresas mais amadas e cult de todos os tempos: Atari, Inc.

Com o primeiro videogame lucrativo da história — Pong — no repertório, a fabricante tornou-se popular em 1976, quando lançou o console de videogame Atari Video Computer System (VCS), mais tarde renomeado para Atari 2600. No Brasil, o auge aconteceu na década de 80, com a distribuição do aparelho no país pela PolyVox e a fabricação de cartuchos nacionais por cerca de 20 companhias diferentes. De Pacman a Superman, de Pitfall a Smurfs, inúmeras eram as opções de diversão disponíveis.

A sensação, no entanto, durou pouco. A partir de 1986, o mercado parecia ter enjoado do brinquedo e a fabricação nacional de consoles e cartuchos teve um final abrupto. Restou apenas a saudade de milhares de fãs pelo mundo, que se contentam com jogos online do Atari e diversas homenagens espalhadas pela Web. O designer Robert Penney, por exemplo, imaginou cartuchos de filmes e seriados contemporâneos para o videogame. Confira cinco das suas divertidas criações:

E você, também fica nostálgico quando lembra os jogos de Atari?

Em breve, a Bookman estreará seu catálogo de animação e games com três títulos: Animação Digital, Stop-motion e Manual de Produção de Games. Acompanhe novidades aqui no BlogA e também no Twitter e Facebook da Bookman. 😉

You may also like

3 Comments

  1. Senti falta de uma imagem do clássico Pac-Man!
    Recordar é viver… Ou seria o contrário? Hehehe

  2. E o River Raid? Muito bom.
    E o Enduro? Era muita emoção!

  3. BLOGA, agora danou, vou passar o resto do dia jogando…Hahahaha!!!!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.