EAD

Como criar régua de relacionamento no ensino superior

0
Aluna com computador sendo impactada por uma régua de relacionamento.
Foto: Pexels

A régua de relacionamento é um conjunto de estratégias de marketing utilizado por empresas para se comunicar com possíveis clientes durante uma jornada de compra.

No ensino superior, além de facilitar a captação, a ferramenta é utilizada para garantir o engajamento dos alunos e, consequentemente, reduzir a evasão.

Para que serve a régua de relacionamento?

Gerente de produção de conteúdo da Sagah, Daiana Rocha diz que a régua de relacionamento complementa a comunicação das IES e da tutoria com os estudantes.

“A régua de relacionamento mantém o aluno mais próximo das atividades acadêmicas. Além disso, contribui para a gestão do tempo e dos estudos.”

Primeiramente, é importante entender que a régua de relacionamento contempla funções diversas. Começando por lembrar o aluno de atividades que se aproximam, como trabalhos e avaliações. Até manter a conexão dele com atividades relacionadas ao mercado de trabalho.

Atualmente, criar uma régua de relacionamento objetiva e funcional é uma tarefa obrigatória para qualquer universidade.

Principalmente para aquelas que atuam no segmento EAD. É onde o monitoramento das atividades e o contato com o aluno precisa ser constante, a fim de mantê-los engajados no curso.

O papel do LMS na operação da régua de relacionamento

Uma das principais funcionalidades da régua de relacionamento é controle da evasão. Por isso, a operacionalização depende do apoio de plataformas como o ambiente virtual de aprendizagem (AVA ou LMS, na sigla em inglês).

Além de ser o meio primário de comunicação com os alunos, o LMS informa a instituição com métricas de acesso do aluno às atividades online. São esses dados que devem balizar os contatos em casos de possíveis desistências do curso.

Vale destacar, entretanto, que a régua de relacionamento deve ser apoiada por uma série de tecnologias e ferramentas de comunicação.

“Trabalhar com outros recursos, como WhatsApp e ligação convencional, são fundamentais para a efetivação e alcance do número de alunos em escala que a modalidade EAD precisa contemplar”, afirma Daiana.

A escolha por um ou outro meio de comunicação depende de alguns fatores, como o perfil do aluno e o conteúdo da mensagem.

Um aluno que não acessa o sistema EAD há 15 dias, por exemplo, pode receber uma primeira mensagem via WhatsApp. Se o atraso chegar há 20 dias, uma ligação telefônica pode ser mais efetiva.

Passo a passo: como criar uma régua de relacionamento

Cabe a cada IES definir o timing e a melhor abordagem em cada comunicado realizado via régua de relacionamento. Entretanto, alguns pontos precisam ser levados em consideração no desenho dessas estratégias.

Por fim, segundo Daiana Rocha, da Sagah, as instituições devem levar em conta ao menos 5 passos durante a criação de uma régua de relacionamento com os seus alunos. Veja abaixo:

1) Definir a metodologia da trilha de aprendizagem;

2) Em segundo lugar, conhecer o perfil dos alunos egressos e veteranos;

3) Criar scripts de comunicação;

4) Definir por semana o sincronismo da comunicação para não sobrecarregar o aluno de mensagens;

5) Ter ferramentas diversas e apropriadas para realizar a comunicação.

Baixe o eBook: Como fazer um EAD de verdade

Natália Collor
Natália é Jornalista e atua na Inteligência de Mercado do Grupo A

    You may also like

    Comments

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.