Sem categoria

Qual é o papel da Internet das Coisas (IoT) na educação?

0

Você já deve ter escutado o termo Internet das Coisas por aí, certo? Mas o que ele realmente significa e como se aplica à nossa vida? Ao contrário do que pode parecer, esse conceito não é importante apenas para profissionais da tecnologia.

Em diferentes áreas, ele já está presente no nosso dia a dia e é preciso compreendê-lo para aproveitar seus benefícios. Por exemplo, já são diversas as contribuições e possibilidades da Internet das Coisas na educação.

No post de hoje, você vai conhecer as principais e entender melhor esse assunto, para se adaptar! Continue lendo para saber mais.

O que é a Internet das Coisas?

O termo Internet das Coisas ou Internet of Things (IoT) refere-se, de modo geral, à conexão entre pessoas ou objetos por meio de uma rede de dispositivos, como computadores, por exemplo. Esses instrumentos são compostos por sensores, softwares e circuitos eletrônicos, capazes de coletar e processar dados, além de sincronizar suas ações.

A IoT já está presente em diversos setores, como na educação, na agricultura e nos serviços de saúde. Algumas criações dessa área incluem automóveis que se conectam, fechaduras inteligentes e TVs com acesso à Internet. Os exemplos são bem variados, mas no post de hoje vamos focar em sua aplicação no contexto educacional!

Quais são as aplicações da Internet das Coisas na educação?

A educação já vem utilizando a IoT de diferentes formas. Ela pode facilitar desde as atividades mais comuns e corriqueiras do aprendizado até as análises mais complexas do ensino.

Com os espaços das universidades todos interligados pela tecnologia, os alunos podem, por exemplo, conferir os livros da biblioteca e renovar suas reservas via smartphone, acessar o laboratório durante as aulas e nos momentos de estudo e até mesmo reservar seus lanches na cantina.

Além disso, também fica facilitado o acesso aos conteúdos a qualquer hora do dia e os colegas têm mais recursos para fazer seus trabalhos em grupo, conectando-se por plataformas eletrônicas e compartilhando documentos. Algumas universidades já adotaram, inclusive, chats para a comunicação entre alunos e professores, expandindo as interações para além da sala de aula.

A IoT também está presente no sistema de educação à distância (EaD). Aliás, ela é um dos fundamentos que permitem que esse modelo exista, flexibilizando o ensino e tornando-o mais acessível para diversos estudantes.

Os professores, por sua vez, têm mais facilidade para criar aulas interativas, nas quais os alunos podem acessar, em tempo real, materiais que ilustrem os conteúdos ensinados. Eles ainda podem usar a tecnologia para lançar presenças e notas, tornando tudo sistematizado.

A Internet das Coisas também tem facilitado um ensino mais adaptável e personalizado para pessoas com algum tipo de deficiência, que podem contar com os recursos tecnológicos como um apoio às suas necessidades. Os professores podem utilizar ferramentas que os ajudem a transmitir os conteúdos da forma mais adequada para esses alunos.

Por fim, vale lembrar que a IoT possibilita até mesmo mensurar o nível de aprendizado nos cursos superiores, por exemplo. Assim, fica mais fácil analisar cada contexto e elaborar melhorias para o ensino.

Qual será o futuro da IoT e como se preparar para ele?

A expectativa é que o uso da Internet das Coisas na educação apenas cresça nos próximos tempos. Já se espera que o sistema EaD ultrapasse o presencial nos próximos anos e que a tecnologia esteja cada vez mais presente nas práticas de diferentes áreas.

As faculdades já estão abrindo novos cursos voltados às inovações, como o Big Data e a própria IoT. Além disso, o Brasil criou o Plano Nacional de Internet das Coisas, desenvolvido pelo MCTIC (Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Telecomunicações), que visa a utilização da IoT em novos projetos.

Com isso, é possível comprovar a ascensão dessa área e a necessidade de se adaptar. Os professores precisam se manter atualizados e se capacitar para incluir as tecnologias adequadamente em seu dia a dia. Para isso, existem diversos livros, artigos, cursos e treinamentos onde se pode buscar conhecimentos e habilidades necessários.

Esperamos ter ajudado a compreender a importância da Internet das Coisas na educação. Se você gostou do post, não se esqueça de compartilhá-lo em suas redes sociais, para discutir o assunto com seus amigos!

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.