Captação

Perfil do aluno EAD: você realmente conhece o estudante da sua IES?

0
perfil-do-aluno-EAD
Foto: Pexels

Muitas vezes, instituições de ensino superior se veem diante de índices consideráveis de evasão. E o pior: não conseguem diagnosticar o motivo. Geralmente, essa onda de desistências surge da falta de compatibilidade entre o perfil do aluno EAD e os cursos escolhidos por eles.

Não conhecer a fundo o público-alvo fragiliza qualquer negócio, e o mesmo vale para a área da educação. Mas como descobrir com quem estamos falando? E, mais do que isso, como acompanhar as mudanças no perfil do aluno EAD ao longo de anos de graduação?

Para oferecer uma experiência de aprendizagem de qualidade, a IES pode recorrer a diferentes estratégias. É possível, por exemplo, pesquisar nas redes sociais, analisar números do mercado, fazer pesquisas direcionadas dentro dos próprios cursos, promover eventos para egressos e futuros alunos. Antes de qualquer coisa, no entanto, é fundamental definir quem é a buyer persona de sua instituição.

Quero conhecer o perfil e os interesses acadêmicos dos meus futuros alunos!

O que é uma buyer persona?

Em inglês, a expressão é usada para representar o seu “futuro cliente ideal”. A partir da construção de diferentes perfis de alunos no EAD, a IES pode se aproximar do consumidor, direcionando sua comunicação de maneira mais assertiva. Fazendo isso, a instituição de ensino conseguirá atrair e, acima de tudo, reter os alunos que já estão matriculados.

perfil-do-aluno-EAD-educacao

Foto: Pexels

Por esse motivo, é importante montar uma descrição da buyer persona que vá além de dados como idade, sexo e classe social. É preciso ser específico, pois o detalhamento permitirá adaptar a melhor estratégia de conteúdo para cada público-alvo. Essa pesquisa pode ser feita internamente ou em parceria com alguma consultoria especializada em análise de dados.

Leia também:
:: Tendências 2020 no Ensino Superior: o que fazer para minha IES se destacar

Por onde começar a entender o perfil do aluno EAD?

Em primeiro lugar, você deve saber:

  1. Onde seu aluno ideal mora?
  2. Qual é a idade dele?
  3. Quais são seus objetivos?
  4. Que tipo de instituição de ensino ele está procurando?
  5. Quais são as dificuldades em sua rotina que afetam a escolha?
  6. Como ele pretende pagar a faculdade? Ele tem condições?
  7. O aluno precisará trabalhar para pagar a mensalidade?
  8. Quais são as possíveis objeções sobre a sua universidade que ele pode ter?
  9. Qual o curso de interesse dele?
  10. Por que ele escolheu esse curso?

Em seguida, é importante utilizar as respostas para planejar conteúdos que respondam as possíveis dúvidas que o seu aluno terá. Essa prática também ajuda as IES a se prepararem para possíveis objeções que as pessoas podem criar em relação aos cursos e a instituição.

Como usar as informações coletadas

Depois de coletar, tratar todas as informações e elaborar a sua buyer persona, você poderá utilizá-la em diferentes momentos e estratégias de captação. Lembre-se: cada candidato leva em torno de seis meses para decidir por uma faculdade. E, após a entrada no curso, ele segue em processo de adaptação. Ou seja, a comunicação precisa mudar ao longo dos tempos para se adaptar ao público de interesse das instituições.

Baixe agora mesmo o eBook “Manual estratégico para IES Regionais” e receba um compilado estratégico que pode mudar a realidade da sua IES!

Em resumo, da parte da instituição, cabe fazer uso desses dados para garantir a contratação dos melhores professores, além de oferecer uma boa assistência educacional e disponibilizar coordenadores que acompanhem efetivamente os alunos.

Por fim, não esqueça que o ambiente acadêmico também deve atender às necessidades do seu futuro perfil de aluno EAD ideal. Ou seja: é imprescindível garantir boas instalações, uma biblioteca bem equipada e demais serviços de qualidade.

Leia também:
:: Conheça os principais indicadores acadêmicos e veja como calculá-los

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.