Sobre livros

O efeito vermelho

1

Há duas garotas igualmente lindas a sua frente: uma delas usa um vestido rubro que a cobre até os pés; a outra, um elegante longo azul. Qual delas chamaria mais a sua atenção? As meninas que nos leem provavelmente precisariam de mais informações para decidir. Que acessórios elas usam? Qual é a cor dos seus cabelos? Como está a sua maquiagem? Já os leitores homens não titubeariam: a mais atraente é a de vermelho.

A ciência, é claro, explica essa tendência masculina. Segundo o Journal of Personality and Social Psychology, o vermelho, em comparação a outras cores, leva os homens a perceberem as mulheres como mais interessantes do ponto de vista sexual. Isso porque o matiz acentua sinais biológicos que indicam fertilidade, como lábios vermelhos e bochechas rosadas.

Não só no campo da sedução, entretanto, o efeito vermelho mostra a sua força: pesquisas comprovam que jogadores de futebol e lutadores usando uniformes encarnados, em geral, têm um desempenho superior aos atletas vestidos em outras tonalidades. Como a cor é associada à raiva e agressão, depreende-se que ela tenha o poder de intimidar os adversários.

AnGeR sEeThInG

Assim como os jogadores rubros, professores que usam canetas vermelhas para corrigir provas também devem ser temidos. O estudo The pen is mightier than the word: Object priming of evaluative standards mostrou que, com um marcador encarnado na mão, os professores apontam mais erros e definem notas mais baixas do que se estivessem usando esferográficas azuis.

Se, além da caneta, os educadores ainda vestirem uma camiseta vermelha durante o teste, o fracasso dos estudantes será retumbante. Em quatro experimentos, psicólogos perceberam que entrar em contato – mesmo que rápido – com a cor antes de uma prova prejudica significativamente o desempenho. A reação não é consciente, e está ligada às percepções de fracasso e perigo que o vermelho traz em contextos educacionais.

Atração, agressividade, rigor e descontração: com todos esses poderes, agora vai ser difícil usar o vermelho como antes, não? 🙂

Saiba mais sobre o efeito vermelho no livro Princípios Universais do Design, de Lidwell e Cols. Um apanhado geral sobre cores pode ser consultado em Design Básico: Cor, de Ambrose e Harris.

You may also like

1 Comment

  1. não.
    adoro vermelho!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.