Institucional

Inovação na gestão e no Ensino Superior: veja os destaques do último evento da ANEC

0
Foto: Maria Laura Villanova

A Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC), promoveu nos dias 12 e 13 de setembro, em Foz do Iguaçu um encontro sobre “Inovação na gestão e nos modelos acadêmicos da Educação Superior”.

Estiveram presentes, um grupo de reitores e dirigentes da associação, e o Grupo A, representado no evento pelo executivos de contas Luiz Henrique Rodrigues e a consultora de negócios Maria Laura Conter Villanova. Primeiramente, o encontro teve como propósito apresentar o modelo inovador da UniAmérica, o primeiro Centro Universitário Comunitário do Paraná.

Participantes do evento da ANEC em Foz do Iguaçu

Destaques do evento

Metodologias ativas

No primeiro dia de evento, a conversa foi focada em entender a utilização de metodologias ativas na UniAmérica. Quem apresentou o projeto para professores, reitores e pró-reitores foi Ryon Braga, diretor-presidente da IES.

A forma que eles trabalham segue uma lógica a partir de competências e não disciplinas. São estas competências que proporcionam a criação de projetos como forma de avaliação.

Outro projeto interessante são aulas ministradas dentro de indústrias e empresas parceiras da IES. Por exemplo, a marca Nutri, de barrinhas de cereal, vinculados aos alunos de Nutrição. Existe também na indústria farmacêutica para alunos de farmácia e em Itaipu para quem faz Engenharias. O projeto ainda é embrionário e são poucos os alunos vinculados ao projeto no momento.

Projetos diferenciados

No segundo dia, em resumo, a dinâmica foi conhecer melhor projetos desenvolvidos pelos alunos das mais diferentes áreas. Foi abordado desde como eles funcionam até qual está sendo o impacto deles nos alunos. Isto contado a partir dos próprios estudantes e professores.

Um carregador portátil, por exemplo, que se abastece a partir de uma placa alimentada pela luz. O projeto foi desenvolvido pelos alunos da Engenharia Mecatrônica. A ideia inicial era criar o produto a partir de impressora 3D mas no fim foi produzido tudo à mão. Mais um exemplo foram os alunos de Fisioterapia que criaram um projeto para ajudar a corrigir a postura de taxistas e motoristas de aplicativo.

Por fim, foi constantemente lembrada a parceria com Sagah como conteúdo complementar para os alunos usarem como base para desenvolvimento do projeto. “A inovação na educação superior passa por uma proposta na qual os estudantes são os protagonistas da aprendizagem, aprendem fazendo, praticam e vivenciam experiências com seus pares e com quem sabe fazer”, comenta o pró-reitor acadêmico da UniAmérica, Blasius Debald.

Leia também:
:: Seminário ABMES discute educação e tecnologia no século XXI
:: Direito EAD: Gustavo Hoffmann comenta tramitações no MEC
:: Estou insatisfeito com o meu Moodle, e agora?

Natália Collor
Natália é Jornalista e atua na Inteligência de Mercado do Grupo A

    You may also like

    Comments

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.