Reflexões

Fotografia que sabe contar histórias

0

Renomado fotógrafo e escritor, Michael Freeman tem mais de vinte livros sobre a arte da fotografia. Desta ampla carreira, a Bookman já havia publicado oito obras, e agora lança no mercado o livro A Narrativa Fotográfica, no qual Freeman explora o universo do ensaio fotográfico. Buscando suporte nas técnicas narrativas, ele convida os colegas da área a refletirem sobre as possibilidade de contar uma história com imagens.


Em Calcutá, na Índia, Freeman registrou o banho dos homens ao ar livre


A colheita de cocos na Tailândia, realizada por macacos

Em seu site, Freeman escreve: “contar histórias é a maior vocação da fotografia, ou, pelo menos, essa é a ideia que eu tenho da fotografia e o que eu sempre fiz. Às vezes, é impossível contar uma história (curta) em uma só imagem, geralmente é necessário um conjunto delas”. Esse conjunto pode configurar o ensaio fotográfico, uma reunião de imagens sobre um mesmo tema que nos trazem uma história sobre uma pessoa, um lugar, um momento ou qualquer outro recorte que o artista deseje criar.


Freeman acompanhou todo o processo de produção do chá na Ásia


O fotógrafo passou dias com os treinadores de falcões para obter os melhores registros

Em seu novo livro, Freeman apresenta a narrativa como uma história a ser construída pelo fotógrafo. Para sustentar seu ponto de vista, ele mostra como os ritmos, o andamento e a organização das imagens ajudam a despertar o interesse do público pelo ensaio. Criando tensão entre as fotografias na elaboração da sequência, é possível estabelecer conflitos, ações e resoluções: contar a história sem palavras.


Na Toscana, uma imagem de um campo de girassóis


As fazendas de peixes são grandes empreendimentos no sul tailandês

Adepto das novas tecnologias, o autor celebra as novas possibilidades que surgiram com a fotografia digital, as galerias online, os slideshows e a onipresença dos dispositivos móveis. Ele mesmo se beneficia dos novos formatos: a seção de ensaios em seu site foi perfeitamente pensada para exibição em computadores e tablets. De maneira intuitiva, seu público acompanha uma narrativa organizada por ele.


Freeman viajou ao Tibete para acompanhar a extração do sal


Seguindo a tradição espanhola, Cartagena, na Colômbia, organiza touradas

Durante muitos anos, Freeman foi um dos principais fotógrafos da Smithsonian Magazine, mas suas habilidades abrangem diversos campos, como viagens, arquitetura e arte. Em A Narrativa Fotográfica, ele dedica uma seção ao registro de eventos, outra à edição de imagens e ainda uma ao papel das legendas. O autor também aborda o fotojornalismo, ao analisar e comparar matérias, matérias para a web e comentar a combinação de diferentes mídias na contação de uma história. 


Toda a imponência do Taj Mahal pelas lentes do fotógrafo


O Túmulo de Humayun é um cenário impactante na Índia

A Narrativa Fotográfica é um grande lançamento que vai impressionar os fotógrafos que já conhecem a carreira e as obras de Michael Freeman, além de ser uma excelente porta de entrada para quem ainda não teve oportunidade de ler seus livros. Impossível não encontrar inspiração nas imagens e ideias deste brilhante fotógrafo.

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.