Educação

Final de ano, go bananas

0

Por Cristina Ustárroz*

Ah, fim de ano! Tempo de sinos pequeninos e árvores decoradas! De festa com a turma do escritório. Com o pessoal do futebol. Amigo secreto! Comprar presentes! Enfrentar o trânsito! Bater as metas! Bater nas pessoas, isto é, abraçar as pessoas! Lojas lotadas! Ruas lotadas! Filas por todos os lados! Cale-se, cale-se, cale-se! Assim você me deixa louco!

chaves
E mesmo que você consiga evitar todos os transtornos que chegam quando o ano termina, e nesse caso você é feito de algum material verde e gosmento, aposto como não consegue fugir da decisão sobre o que fazer no fim do ano – acertei? Pois aqui vão algumas sugestões. Tenho certeza de que pelo menos uma delas se encaixará no seu perfil.

Que tipo de comemoração você quer para você e sua família? Vai ver você quer simplesmente go festive e entrar no espírito natalino. Ou, se preferir, go commercial e compre muitos presentes. Uma árvore de natal pequena? Go short! Quer convidar um monte de gente e dar uma festa de arromba? Go big. Já se você escolher um agito que dure até o sol raiar, diga go long.

Go digital se você optar por imagens no telão e tudo mais. Quer arrebentar na tecnologia? Go nuclear. Ougo modern para arrasar no décor. E go wild se quiser deixar sua imaginação voar. Quer mesmo é perder o controle? Não hesite e go hysterical.

Go commando se você estiver pensando em aderir a um estilo, digamos, minimalista e não usar roupa íntima. E go nuts se algum dos rapazes decidir go freeballing. Prefiro go sexy! E go traditional se escolher um visual bem caretinha. Nem pense em go French! Deixe isso para os franceses, verdadeiros profissionais na arte de não tomar banho e não feder. Eu disse não feder? Perdão! Errei!

Por sinal, sabe o que acontece com as comidinhas que ficam muito tempo fora da geladeira? Go sour. Ou diga go bad mesmo! Sabe o que acontece com espumantes abertos antes da hora? Go flat. Bebida choca? Ninguém merece! Prefere vinho tinto? Go red! Vai maneirar na bebida? Go soft! E nada de se empanturrar: go easy! Mas se quiser barbarizar na noite, então go hard!

Ainda, go caroling para cantar canções de natal. Ou go loud para festejar como os italianos. Você sabe como eles são barulhentos! E go colonial para comer cuca e tomar chope como os alemães. Se por acaso você visitar uma reserva indígena e adotar os costumes dos peles-vermelhas, diga go native. Mas go berserk para celebrar a Festa das Luzes como o Adam Sandler.

Go blind? Só se ficar cego de paixão! E go cute se preferir flores a TV de plasma. Ou go cheap! É só uma questão de ponto de vista. Vai enviar cartões para seus familiares e amigos? Então, go emotional. Ou compre uma dúzia de panetones e go sweet! Eu disse panetones? Perdão, eu quis dizer chocotones! E morra comendo!

Você tem medo de ficar careca? Bem, isso não acontece da noite para o dia, mas se você estiver quase lá, conforme-se e diga go bald! Go gaga? Mais cedo ou mais tarde todos nós ficaremos gagá. Acima de tudo,go crazy! Algo me diz que você vai enlouquecer se não enlouquecer neste fim de ano.

Go far se topar ir para bem longe daqui. Aproveite a oportunidade e go green. Aderir ao ecologicamente sustentável não tem erro! Também não deixe barato: go viral se decidir postar um vídeo da sua aventura. E cuidado com as finanças! Nada de go broke! Não vá ficar na miséria justo antes do ano novo. Sabe o que acontece com feriados não planejados? Go wrong!

Mas se você pertence ao grupo dos desorganizados, dos que não gostam de planejar nada, muito menos nesta época do ano, então go topsy-turvy e veja tudo ficar de pernas para o ar. E go postal se você é daqueles que perde a paciência facilmente. Mas nada de go violent. Chega de violência nesse mundo!

E atenção com as cores estampadas na sua cara: go blue só se for de frio e go green só se for de inveja. Ou se nenhuma dessas sugestões se encaixou no seu perfil. Nesse caso, volte a sua nave e diga ao seu líder: go home! Ou esqueça a gosma, entre no clima e faça como todos nós: go bananas!

Happy Holidays!

 

Notas altamente esclarecedoras

• Em inglês, os adjetivos podem vir após um verbo de ligação, e o verbo to go é um verbo de ligação. Nesse caso, to go + adjective significa tornar-se + o significado do adjetivo. Assim: go bananas(enlouquecer/ficar doidão), go festive (aderir ao clima festivo), go commercial (aderir ao estilo comercial),go short (preferir algo pequeno), go big (optar por algo grande), go long (durar), go digital (aderir à era digital), go nuclear (usar tecnologia nuclear), go modern (modernizar-se), go wild (agitar-se/enlouquecer/ir para cima), go hysterical (ficar histérico), go commando (estar sem roupa de baixo), go nuts (ficar maluco/pirar), go freeballing (estar sem cueca), go sexy (aderir ao estilo sexy), go traditional (aderir ao estilo tradicional), go French (fazer como os franceses), go sour (azedar), go bad (azedar/estragar), go flat(quando a bebida perde o gás/ficar choca), go red (especificamente no texto, preferir vinho tinto), go soft(pegar leve/ser muito mole com alguém), go easy (pegar leve/maneirar/evitar), go hard (ir com tudo/barbarizar), go caroling (cantar canções natalinas), go loud (aderir ao estilo barulhento), go colonial(aderir ao estilo colonial), go native (aderir aos costumes da população local), go berserk (o mesmo quego wild e go bananas, go blind (ficar cego), go cute (aderir a um estilo mais engraçadinho), go cheap(preferir o estilo econômico), go emotional (ficar emotivo), go sweet (optar por algo mais doce), go bald(ficar careca), go gaga (ficar gagá), go crazy (enlouquecer), go wrong (dar errado), go far (ir para longe),go green (aderir a um estilo ecologicamente sustentável), go viral (viralizar), go broke (ficar sem grana), go topsy-turvy (ficar de pernas para o ar/de cabeça para baixo), go postal (perder as estribeiras/ficar uma arara), go violent (ficar violento), go blue with cold (ficar azul de frio), go green with envy (ficar verde de inveja).

• A expressão go home não tem nada a ver com o padrão go + adjective, uma vez que home é um substantivo. O mesmo acontece com go freeballing e go caroling, onde go é seguido de particípio presente (-ing).

• Em vez de celebrar o Natal, os judeus celebram o Chanucá, também conhecido por Festa das Luzes.

• Adam Sandler is an American actor, film producer and musician. His family is Jewish, and descends from Russian immigrants on both sides.

* Cristina Ustárroz é a professora de inglês preferida dos colaboradores do Grupo A. Ela escreve mensalmente para o BlogA.

Cristina Ustárroz
A professora de inglês preferida dos colaboradores do Grupo A.

    You may also like

    Comments

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.