Credenciamento

Minha IES está pronta para entrar na EAD? Por onde começar

0
Entrar na ead
Foto: Pexels

Entrar na EAD é essencial para as IES que querem acompanhar os avanços tecnológicos. Ao mesmo tempo que querem oferecer uma melhor experiência de aprendizagem aos alunos e manterem-se competitivas no mercado.

Ao seguir por esse caminho – seja para ofertar um curso 100% EAD ou para adotar a modalidade em disciplinas de cursos presenciais –, as instituições de ensino devem estar atentas a alguns pré-requisitos. Em resumo, atendê-los não só garante o aval do MEC como aumenta a confiança dos estudantes na IES.

Veja por onde começar, caso sua IES esteja pronta para entrar na EAD:

Credenciamento e autorização

Em primeiro lugar, a IES interessada em oferecer cursos EAD precisa solicitar credenciamento específico à União. Desde 2017, é permitido que as instituições ofertem o ensino a distância mesmo que não ofereçam a mesma graduação na modalidade presencial.

A janela de credenciamento costuma acontecer duas vezes ao ano. O processo pode levar até dois anos para a efetivação, entre o protocolo inicial e a publicação da portaria. Uma vez credenciada para a oferta do EAD, a IES buscará autorização do MEC para a abertura do curso de graduação. É com a autorização que a instituição poderá abrir turmas e processo seletivo.

Preparado para credenciar a EAD na sua Instituição? Nós podemos te ajudar!

Reconhecimento do curso

Feito isso, a etapa seguinte para entrar na EAD é de reconhecimento do curso a distância. Todos os cursos devem passar pelo reconhecimento do MEC.

A IES deve solicitar o reconhecimento quando a graduação completar entre 50% e 75% de sua carga horária. Uma comissão avaliadora é designada pelo MEC para fazer uma visita in loco e verificar a instituição, por meio dos conceitos de avaliação.

O reconhecimento do curso é a condição necessária para a validade nacional dos diplomas pela instituição. Esse reconhecimento passa por avaliações periódicas.

Currículo do curso

O curso também precisa apresentar um proposta da sua grade curricular. Uma graduação tem duração média de 4 anos. É imprescindível que, ao planejar um curso de EAD, a IES saiba quais serão as disciplinas ofertadas durante todo o período do curso, bem como tenha previsão de como serão as atividades de avaliação dos alunos.

Conteúdo de qualidade

A IES que quer entrar na EAD precisa, sobretudo, verificar se o material didático atende às necessidades de aprendizagem do aluno. O conteúdo ofertado na modalidade é o mesmo de um curso presencial. A diferença está na apresentação do material, que deve ter linguagem própria e considerar que o aluno estará sozinho no momento do estudo, sem o contato físico ou constante com o professor.

Você conhece o método da Sagah? Com conteúdos personalizáveis, você tem acesso a um catálogo completo com inúmeras possibilidades para sua IES.

Ambiente virtual de aprendizagem

Para ofertar cursos que serão ministrados na modalidade a distância é imprescindível que a IES esteja presente em um ambiente virtual de aprendizagem (AVA ou LMS, na sigla em inglês). Este recurso é primordial para que os estudantes tenham acesso ao conteúdo das aulas.

Por fim, além do AVA, o curso EAD deve contemplar outras ferramentas para abastecê-lo. Exemplos disso são os laboratórios virtuais, games e suporte para os conteúdos com o uso de realidade virtual ou aumentada.

Baixe agora mesmo o eBook: Credenciamento EAD – Um passo a passo para a sua IES!

Natália Collor
Natália é Jornalista e atua na Inteligência de Mercado do Grupo A

    You may also like

    Comments

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.