EAD

O que é mais caro para a IES: EAD ou presencial?

0
ead-ou-presencial
Foto: Pexels

Quando o assunto é custo-benefício da educação no Brasil, a duvida entre EAD ou presencial é constante. Para os alunos, a escolha é cada vez mais clara. Segundo dados de pesquisa realizada pela Educa Insights, o preço médio de uma graduação a distância é de R$ 260 por mês.

Atualmente, quase a metade (43%) de todas as IES nacionais que oferecem EAD cobram valores semelhantes a esse. Mas ainda é possível encontrar opções mais em conta, desde R$ 150 mensais.

Se antes a tradição da instituição era um dos grandes motivadores de conversão na hora da escolha de um curso EAD, hoje um preço competitivo é responsável por 49% das vendas. Diante disso, pode-se dizer que abrir mão da entrada no digital é o mesmo que fechar as portas para metade do mercado de ensino superior.

EAD ou presencial: quanto custa, afinal, a migração para o ambiente virtual ou para modelos híbridos de aprendizagem?

A resposta exige algumas reflexões. Vamos a elas:

Forme uma boa equipe

Antes de tudo, ao pensar entre o EAD e o presencial, tenha em mente que uma equipe de qualidade é fundamental para a consolidação de qualquer processo. Por isso, invista na qualificação dos seus professores no EAD, caso esta for sua escolha. Caso sinta necessidade, considere a opção de contratar uma consultoria especializada para cumprir essa função.

Lembre-se que ter uma equipe reduzida, mas competente, é muito melhor do que pensar em quantidade. A distribuição de responsabilidades é uma vantagem diante das resistências que alguns profissionais podem mostrar diante da experiência com o ensino híbrido.

Inove na oferta de conteúdos

Em segundo lugar, oferecer somente o trivial ou o básico não é suficiente nesse novo tipo de ambiente. No digital, é preciso inovar com disciplinas que agreguem elementos de outras mídias. Também que tenham características que possam ser acessados em qualquer plataforma (computador, smartphone, tablet) a qualquer hora e também em qualquer lugar.

Conteúdos personalizados de acordo com o perfil da IES ajudam a manter um EAD que se destaque no mercado. Descubra novas possibilidades com as Unidades de Aprendizagem dinâmicas

Construa rotinas interativas e cativantes

Junto com a inovação no conteúdo, um dos grandes desafios das IES em relação aos cursos de EAD de qualidade é a forma como é feita a interação com os alunos. Também é preciso inovar para evitar a evasão.

Para isso, é importante analisar como é a dinâmica utilizada considerando os dados de atendimentos a opinião dos alunos. Avaliar se os canais de interação estão dando conta do recado ou são a causa de reclamações frequentes.

Vale a pena investir em um AVA?

O Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) é um espaço digital que tem como objetivo ajudar na distribuição de diversos tipos de conteúdo. Tanto para cursos online como em disciplinas com conteúdo semipresencial. Com ele, uma das grandes necessidades de alunos EAD é suprida: a criação de um vínculo entre os professores e a turma.

ead-ou-presencial-computador

Foto: Pexels

Atualmente, os alunos buscam acesso aos conteúdos a todo momento. Seja para revisitar algum tópico ou trocar informações e aprendizados com colegas e tutores. Assim, o AVA serve como uma grande sala de aula virtual. Deve estimular a interação e facilitar o acesso aos materiais didáticos.

A IES pode tanto construir sua própria plataforma de ensino a distância quanto utilizar o know how de alguma consultoria. Existem desde opções em software livre, 100% gratuitas e adaptáveis, até outras construídas de acordo com as necessidades da sua instituição. Encontrar um caminho que ofereça o equilíbrio entre funcionalidades e segurança para alunos e professores é fundamental.

O preço para as IES

A parte financeira é uma das questões que pode tornar a migração para o ensino híbrido ou remoto ainda mais interessante. Não significa que, ao optar por um ambiente virtual de aprendizado, você não precisará fazer investimentos. Mas significa que você poderá reduzi-los.

Manter um espaço físico para lecionar implica em diversos custos. E não somente com aluguel, luz e manutenção, mas também com os materiais necessários para as aulas. Como, por exemplo, pagamento de equipes de limpeza, segurança etc. Tudo isso se reflete no valor das mensalidades, o que pode acabar afastando uma parcela considerável de estudantes.

Por isso, o ensino a distância oferecido em um bom ambiente virtual de estudos é vantajoso, tanto para quem oferece o curso como para os alunos. Isso mostra que a duvida entre EAD ou presencial, mostra os caminhos para a educação a distância. E então, por fim: a sua IES já está preparada para esse novo momento da educação digital?

Implemente ou aprimore agora o uso de 20% EAD na sua IES!

Natália Collor
Natália é Jornalista e atua na Inteligência de Mercado do Grupo A

    You may also like

    Comments

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.