Sobre livros

Entenda como o cérebro aprende e como estimular a aprendizagem

0

Você já parou para pensar como funciona o processo de aprendizagem? Melhor ainda: você sabe como o cérebro aprende? Entender esse processo pode parecer complicado, porém conhecer o seu cérebro é a melhor estratégia para aprender com mais facilidade e usar técnicas que o ajudem a vencer certas barreiras mentais.

A respeito disso, uma das grandes descobertas da neurociência é que o cérebro humano, ao contrário do que se pensava, não é imutável — muito pelo contrário, ele pode se renovar e gerar novas sinapses de acordo com suas experiências. Ou seja, quanto mais você aprende, mais o seu cérebro é estimulado.

Neste texto, você vai descobrir como o cérebro aprende e dicas certeiras para estimular a aprendizagem. Acompanhe!

Como o cérebro se divide e onde ficam as áreas de aprendizado?

Muitas pessoas, ao pensar na divisão dos lobos cerebrais, imaginam estruturas diferenciadas e separadas entre si. Esse equívoco impede que elas entendam, de fato, como o cérebro aprende, pois, na verdade, essas divisões trabalham sempre em equilíbrio, compartilhando milhares de informações.

Confira a seguir as principais áreas do cérebro e como elas se relacionam com o aprendizado:

  • área frontal: compõe a região mais apurada do cérebro e é responsável pela produção da fala (traduzir os pensamentos em palavras). Além disso, também é responsável pelo planejamento, pela memória de longo prazo, pela atenção, pela regulação das emoções e pelo entendimento do que vemos;
  • área parietal: essa área exerce um papel importante na percepção sensorial (temperatura, dor, pressão etc.), no raciocínio espacial, além de ser fundamental para o entendimento da matemática;
  • área occipital: está relacionada ao sentido da visão e à diferenciação de cores;
  • área temporal: essa é a região responsável pelas estruturações de linguagem fonológica (palavras, sílabas e fonemas), pela percepção de sons, de música e de vozes, bem como pela regulação das emoções, como a raiva, a motivação, o prazer e a ansiedade.

Como estimular a aprendizagem e melhorar a capacidade do cérebro?

Como vimos, as áreas do cérebro se relacionam e trocam informações constantemente. Por isso, entender como o cérebro aprende é muito importante para estimulá-lo corretamente e tornar as conexões neurais mais intensas durante o seu aprendizado.

Veja as principais dicas para elevar a capacidade do cérebro.

Trabalhe a memória em movimento

memória exerce uma influência considerável na capacidade do cérebro de tomar decisões. Assim, a memória em movimento é uma técnica muito útil para ajudar a reter mais informações de maneira mais eficiente.

O processo é muito simples: basta se movimentar enquanto tenta decorar algo — na próxima vez que você precisar guardar muita informação, como para um discurso ou uma prova, experimente andar pela casa enquanto repassa os conteúdos.

Encontre maneiras de se desafiar

Outra forma de estimular o aprendizado é se desafiar com atividades diferentes. Para tanto, busque aprender coisas novas, como aulas de música, artes ou outro idioma. Aliás, estudar uma nova língua é muito benéfico para a flexibilização do cérebro.

Esse estudo ajuda no desenvolvimento de uma personalidade multitarefa, já que o cérebro é forçado a alternar entre diferentes estruturas linguísticas, sendo um desafio constante.

Experimente novos hábitos

Mesmo as pequenas mudanças na rotina criam grandes estímulos no cérebro. Alguns exercícios podem ser feitos no dia a dia e são facilmente adotados, veja:

  • faça algumas tarefas, como tomar banho ou vestir-se, de olhos fechados;
  • escove os dentes com a mão não dominante;
  • faça percursos diferentes ao sair de casa;
  • veja as horas pelo espelho;
  • treine escrever com a mão não dominante.

Todos esses exercícios estimulam as diversas áreas do cérebro e são fundamentais para melhorar o aprendizado como um todo, desde a memória e a concentração, até a agilidade e o raciocínio.

Entendeu a importância de saber como o cérebro aprende? Com essas informações, você pode criar métodos que elevem ainda mais os seus resultados. Para isso, busque sempre exercitar o seu cérebro colocando em prática os exercícios apresentados e também com a leitura de materiais relevantes que estimulem o seu desenvolvimento cerebral.

E aí, o que achou deste conteúdo? Quer se informar ainda mais sobre o processo de aprendizado do cérebro? Então, não deixe de conferir nosso acervo. Conheça nosso site!

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.