Tecnologia Educacional

Como aumentar o engajamento dos alunos no Ensino Superior

0
Foto: Shutterstock

Se a sua IES está enfrentando dificuldades para incentivar o engajamento dos alunos no Ensino Superior, a adoção de tecnologia pode ser a solução. Ferramentas adaptadas ao AVA, ou mesmo disponíveis na sala de aula presencial, trazem inovação ao ensino e aceleram a aprendizagem – seja em cursos híbridos ou nos que são 100% a distância.

Os gestores precisam estar atentos às dificuldades e às necessidades dos discentes, e preencher as eventuais lacunas identificadas.

A seguir, sugerimos cinco formas de engajar alunos no Ensino Superior:

Use conteúdo interativo

Aulas ao vivo no ambiente virtual de aprendizagem permitem que o ensino ocorra mesmo a distância. Palestras, apresentações, infográficos, textos, vídeos-aula interativas, exercícios lúdicos e animações também podem ser úteis no engajamento dos alunos no Ensino Superior EAD.

A gamificação é outro recurso disponível. Por meio da mecânica e da estética dos jogos digitais, os estudantes concluem missões e recebem recompensas. Assim, aprendem os conteúdos e desenvolvem habilidades como trabalho em equipe e criatividade.

Incentivar o uso de fóruns de discussões

Os fóruns geram um ambiente colaborativo, servindo para a troca de informações e experiências, além de esclarecimento de dúvidas sobre um conteúdo ensinado nas aulas virtuais. Por isso são boas formas de gerar interação e reflexão entre alunos, professores e tutores. Contribuindo, assim, para o engajamento dos alunos no Ensino Superior EAD.

Contar com tutores ativos

A tecnologia por si só não funciona. Ela precisa ser bem utilizada – e o fator humano é essencial para garantir o engajamento dos alunos. Os tutores, por exemplo, são responsáveis por acompanhar o estudante durante toda a jornada acadêmica, esclarecendo dúvidas pontuais.

Esses profissionais precisam ser ágeis e didáticos. Além de buscar meios de conquistar a confiança do alunado e investir em formação continuada.

Manter um ambiente virtual personalizado (Personalized Learning Design – PLD)

O sistema de PLD cria regras e ações de acordo com o desempenho e o engajamento dos alunos. No começo do curso, o estudante recebe um e-mail automático de boas-vindas. Em seguida, responde um questionário que indicará o melhor caminho a ser seguido para o sua aprendizagem. O sistema também alerta alunos que não têm acessado a plataforma.

Investir em recursos no ambiente real

Nem tudo ocorre no virtual. Aulas presenciais podem ser muito mais proveitosas e interessantes quando se faz uso de recursos que permitem ao aluno praticar as atividades de área de atuação, mesmo a distância.

Isso é possível por meio da realidade aumentada, que combina elementos virtuais e reais na visualização de conteúdos, por exemplo. A realidade virtual também é uma possibilidade, em que o aluno passa por uma experiência imersiva, com simulações realistas, utilizando até os sentidos visual, auditivo e tátil. Outra alternativa é a interação com laboratórios virtuais.

Natália Collor
Natália é Jornalista e atua como Assistente de Marketing no Grupo A

    You may also like

    Comments

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.