Reflexões

Carl Gustav Jung, o ilustrador

4

Quem olha para fora, sonha. Quem olha para dentro, acorda.” Há exatos 50 anos falecia o autor desta frase enigmática e inspiradora, o psiquiatra suíço Carl Gustav Jung. Discípulo de Freud, Jung rompeu com as ideias do neurologista austríaco para fundar a psicologia analítica e popularizar temáticas como análise dos sonhos, inconsciente coletivo e teoria dos arquétipos.

Além de estudar os mistérios da mente humana, Carl também foi um talentoso ilustrador. Em 1913, quando tinha 38 anos, o psiquiatra teve uma visão apocalíptica: ao viajar de trem de Zurique para Schaffhausen, na Suíça, ele sonhou ter visto a Europa inteira inundada por um mar de sangue. Esta assombração foi o impulso para uma autoanálise que durou 16 anos e resultou em uma obra com 205 páginas em texto caligráfico e 53 ilustrações, chamada Liber Novus.

Confira alguns dos desenhos intricados, impressionantes e por vezes assustadores criados por aquele que é tido como um dos mais importantes psiquiatras modernos:

Jung usava os desenhos como meio de traduzir os anseios e desesperos de sua imaginação.

As imagens de Jung foram publicadas pela primeira vez em 2009, 48 anos após sua morte.

O psiquiatra esboçou as primeiras mandalas enquanto trabalhava para o exército suíço, em 1917.

As imagens revelam arquétipos presentes no que Jung classificou como “inconsciente coletivo”.

As cobras são um elemento recorrente nas ilustrações do psiquiatra.

E você, o que achou das ilustrações de Carl Jung?

 

Sobre Jung, a Artmed Editora publicou as obras Jung Vida e Obra: Uma Memória Biográfica, de Barbara Hannah, e Manual de Cambridge para Estudos Junguianos, de Polly Young-Eisendrath e Terence Dawson. Para saber mais sobre ilustração, confira Fundamentos de Ilustração, de Zeegan e Crush, publicado pela Bookman Editora.

You may also like

4 Comments

  1. Acho que a obra de Yung expressa de forma muito coerente a incoerência da mente humana!

  2. Olá. Interessante o post.

    Só gostaria de alertar para a grafia correta. Jung 🙂

    Att.

  3. Não tem problema! =)

    De nada! Sempre às ordens!

    Abraço pra vocês! \o/

  4. Belíssimo e profundo!! Assim como toda a vida desse Mestre! Parabéns pelas imagens!!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.