Sobre livros

Apenas um sonho de vida

0

Quem disse que o melhor parceiro para um filme é a pipoca? Aqui no BlogA, a gente acredita que cinema combina mesmo é com livro. Na seção Leia & Assista, publicamos dicas de cinema e de leitura para você aproveitar o final de semana.

Quando um filme é baseado em uma história real, ele costuma tocar mais fundo no coração, não é? Quando sabemos que tudo aquilo na tela aconteceu de verdade com uma pessoa que existe (ou existiu), é mais fácil se identificar com os personagens e sentir suas emoções. É o caso de Apenas uma chance, longa que retrata a vida de Paul Potts, um britânico apaixonado por ópera que enfrenta o bullying, a timidez e a falta de incentivo para correr atrás de seu sonho de se tornar um cantor.


Paul (direita) e seu fiel escudeiro na loja de celulares onde trabalham
[FONTE: Mirror

Desde criança, Paul impressionava no coral da igreja por sua voz potente. Mas é claro que ser diferente lhe rendia implicâncias na escola e mesmo dentro de casa: seu pai, endurecido pelas dificuldades da vida e pelo emprego pesado em mineração, nunca entendeu a vocação do filho. Mas o menino encontrava na mãe uma aliada e conseguiu manter vivo o sonho artístico até a vida adulta.

O empurrão definitivo para assumir riscos veio da “namorada” de Paul. As aspas se explicam: Paul e Julie viviam um romance virtual e, na única vez que se viram, ela exigiu que ele fosse a Veneza estudar canto na escola idealizada por Luciano Pavarotti. A conversa surtiu efeito: o tímido tenor se inscreveu em um show de talentos, ganhou um prêmio em dinheiro e se mudou para a Itália. Tudo parecia correr lindamente até que um novo baque desestrutura a vida do quase artista. Para evitar o spoiler, vamos apenas dizer que a carreira que parecia promissora foi por água abaixo…

Voltamos à Inglaterra, onde Paul está novamente em seu emprego de vendedor de celulares e a namorada convertida em esposa. Sem muitas perspectivas, o desânimo vai tomando conta do casal, até que um espetáculo amador surge para sacudir a vida de Paul. Ele assume o papel principal na ópera Radamés, mas antes de que rufem os tambores, adiantamos que uma nova tragédia cai sobre a vida do cantor e chega a colocar em risco a sua voz, ferramenta do corpo mais que importante para todos nós, ainda mais para ele.


O cantor seduz a namorada virtual no mundo real
[FONTE: The movie and me

Azar, timidez, problemas de saúde: tudo parece fadado a impedir o sonho de Paul. E, do fundo do poço, Julie descobre uma última chance no programa Britain’s Got Talent, o show de calouros que busca novos talentos mundo afora. Agora sim, vale um spoiler: Paul foi uma daquelas pessoas que subiu no palco causando risos na plateia – ninguém dava nada pelo gordinho desajeitado e inexpressivo – e saiu sob aplausos e assobios. Se você não viu na época, a gente relembra agora: 

Daí em diante, as coisas finalmente deslancharam. Mas entendemos que o título do filme está longe da realidade: Paul teve várias chances de perseguir seu sonho. O importante é que ele aproveitou todas elas, dando sempre o melhor de si, como se fosse, realmente, a única oportunidade de se realizar. Foi apenas graças a isso que ele construiu seu sucesso pisando sobre todos os pequenos fracassos do caminho.

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.