Reflexões

Tendências mundiais de educação

1

Dona de um dos sistemas de ensino mais elogiados do mundo, a Finlândia recebeu, de fevereiro a julho de 2015, 35 professores de institutos federais brasileiros para treinamento e capacitação.

Os docentes brasileiros elencaram, segundo a BBC Brasil, oito características básicas aprendidas no país europeu:

•         Usar mais projetos nas aulas;

•         Foco na produção de conteúdo pelos alunos;

•         Repensar o papel da avaliação;

•         Usar tecnologia e até a mobília para ajudar o professor;

•         Desenvolvimento de habilidades do século 21;

•         Intervalos mais frequentes entre as aulas;

•         Cultivar elos com a vida real e empresas;

•         Formação mais prática e valorização do professor.

O resultado apresentado pelos professores brasileiros ratificam que a metodologia de aprendizagem desenvolvida pela SAGAH tem foco nas principais tendências mundiais de aprendizagem, englobando Aprendizagem baseada em problemas (APB), Flipped Classroom (Sala de aula invertida) e Peer Instruction (Aprendizagem por pares).

Além disso, as unidades de aprendizagem da SAGAH proporcionam o desenvolvimento das habilidades do aluno por meio de uma formação baseada em problemas contextualizados ao dia a dia da profissão. O método busca ainda uma inversão da sala de aula tradicional, transformando o aluno em protagonista do processo ensino-aprendizagem, tendo o professor como o facilitador.

A tecnologia trouxe para a sala de aula comum uma série de possibilidades que, por sua vez, abriram as portas para novos conceitos. O blended learning, ou ensino híbrido na tradução para o português, é um deles. A ideia por trás do termo é combinar o aprendizado online com o offline, criando modelos que mesclem momentos em que o aluno estuda sozinho, em um ambiente virtual, com outros em que a aprendizagem é presencial, na qual há interação entre pares e entre estudante e professor.

O trabalho do professor de ensino híbrido é ajudar os alunos a adquirir e aplicar seu próprio conhecimento, dando-lhes recursos online e na forma de papel para que eles trabalhem de forma independente ou em colaboração. Em outras palavras, os alunos fazem o trabalho.

You may also like

1 Comment

  1. Comecei a utilizar recentemente o método "blended learning", e a participação dos alunos melhorou significativamente durante as aulas! As metodologias ativas, sem dúvidas, agregam muito no processo de formação dos alunos!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.