Por trás da educação

Postado por @adim em 28/abr/2016 - Sem Comentários

O livro Psicologia da educação reúne grandes autores, que analisam as teorias mais significativas que compreendem essa área do conhecimento. A obra é o resultado de uma compilação de pesquisas e estudos a respeito do impacto das tecnologias e da comunicação no meio educacional. Os textos foram selecionados para compor uma obra única e fundamental para a disciplina, tanto alunos, quanto docentes.

Dividido em cinco capítulos, o livro aborda a educação e aprendizagem no século XXI, destacando as novas ferramentas, novos cenários e novas finalidades; a teoria bioecológica do desenvolvimento humano; Piaget e Vygotsky; ciclos de vida, aprendizagem e a inteligências como um espectro de competências.

Escrito de forma clara, acessível e didática, a obra destaca, logo no seu primeiro capítulo, a importância de entender e valorizar o impacto educacional das tecnologias da informação e da comunicação (TICs). Os autores destacam, com suas visões construtivas, que o impacto das TICs na educação é um aspecto particular de um fenômeno muito mais amplo, relacionado com o papel dessas tecnologias na sociedade atual.

Adaptabilidade, mobilidade e cooperação são três conceitos apontados no livro, que se repetem permanentemente na literatura e que apontam para um horizonte bastante provável. Os autores deixam no ar a reflexão de que não existe dúvida de que a interação entre os agentes educacionais e a internet está modificando de maneira significativa a finalidade da educação neste começo do século XXI.

Psicologia da Educação

Psicodiagnóstico :: Coleção avaliação psicológica

Postado por @adim em 26/abr/2016 - Sem Comentários

O livro Psicodiagnóstico surgiu do interesse e da necessidade de produzir uma obra atualizada, já que o desenvolvimento da área vem sendo significativo, tornando clara a necessidade de uma obra complexa. Este é o segundo livro da Coleção Avaliação Psicológica, iniciada com o Psicometria, que traz a base da avaliação psicológica. “Lançamos, agora, Psicodiagnóstico, que será uma contribuição substancial para estudantes e profissionais, com vários capítulos que analisam, descrevem e apresentam seu histórico e sua conceituação, diferentes modelos, conhecimentos teóricos e técnicos para sua realização, bem como questões éticas que podem surgir no processo”, adianta Claudio Hutz, um dos organizadores da obra. A seguir, será publicado Avaliação da inteligência e da personalidade.

O papel da entrevista também é abordado com exatidão permitindo o entendimento mais claro do que é uma entrevista psicológica no psicodiagnóstico e quais os objetivos das entrevistas de anamnese e lúdica. Outros tópicos tratados envolvem o exame do estado mental, as implicações da psicofarmacologia no psicodiagnóstico, o genograma, a questão da integração dos dados coletados e a devolução de informações.

O professor Hutz, destaca que o livro é uma obra extraordinária e de grande relevância para os profissionais da área.

– Seus capítulos descrevem, discutem e exemplificam como realizar diagnósticos psicológicos dos mais variados tipos. Os autores são especialistas em cada tipo de psicodiagnóstico descrito. Será um livro extremamente útil para profissionais na área, professores, pesquisadores e estudantes de todos os níveis, completa.

O livro traz ainda questões do psicodiagnóstico envolvendo inteligência e personalidade, além de um capítulo dedicado as especificidades do psicodiagnóstico nas alterações psicológicas como transtorno do espectro autista, TDAH, alterações do humor, ansiedade, psicoses, abuso de substâncias, alterações neurocognitivas.

– A leitura desta obra traz uma série de reflexões e questionamentos mesmo para profissionais experientes. Fica clara, por exemplo, carência de métodos, técnicas e instrumentos para o psicodiagóstico com crianças e idosos, e a necessidade de mais pesquisas. Fica também claro que a área se desenvolve aceleradamente, hoje não sendo mais possível ser especialista em psicodiagnóstico, finaliza.

Esperamos que este livro possa contribuir para a formação e para a prática profissional qualificada em avaliação psicológica. Bom leitura!

Estudo qualitativo

Postado por @adim em 21/abr/2016 - Sem Comentários

Praticamente todo acontecimento da vida real pode ser objeto de um estudo qualitativo. Com isso, a obra de Robert K. Yin, Pesquisa qualitativa do início ao fim, apresenta de forma abrangente os benefícios de uma pesquisa qualitativa. Segundo o autor, referência na área de metodologia da pesquisa, a pesquisa qualitativa toca todas as esferas sociais e o livro, rico em detalhes e prático, reúne estudos clássicos e contemporâneos de diferentes disciplinas e exemplos que ilustram com clareza cada uma das fases desse tipo de pesquisa.

Para Yin, o fascínio da pesquisa qualitativa é que ela permite a realização de estudos aprofundados sobre uma ampla variedade de tópicos, incluindo seus favoritos, em termos simples e cotidianos. Além disso, a pesquisa qualitativa oferece maior liberdade na seleção de temas de interesse, porque os outros métodos de pesquisa tendem a ser limitados.

A obra apresenta cinco características de definição de pesquisa qualitativa que justificam a sua importância: estudar o significado da vida das pessoas, nas condições da vida real; representar as opiniões e perspectivas das pessoas de um estudo; abranger as condições contextuais em que as pessoas vivem; contribuir com revelações sobre conceitos existentes ou emergentes que podem ajudar a explicar o comportamento social humano; e  esforçar-se por usar múltiplas fontes de evidência em vez de se basear em uma única fonte.

Saber escutar, saber fazer boas perguntas, conhecer o tema de estudo, cuidar dos dados, são algumas das competências abordadas e necessárias para a prática da pesquisa qualitativa, contribuindo ainda mais para a preparação de um pesquisador.

Dividido em 12 capítulos, o livro traz temas como trabalho de campo, coleta e registro de dados, analise de dados qualitativos e apresentação de resultados. Uma obra completa e rica em detalhes para se aventurar no mundo das pesquisas.

Pesquisa Qualitativa

Para tirar nota 10 em física

Postado por @adim em 18/abr/2016 - Sem Comentários

Um dos temas mais temidos dos alunos na hora do vestibular e provas do Enem é a física. Para auxiliar os estudantes nesta tarefa, os professores André Diestel e Ricieri Andrella, apresentam o livro 400 questões de física para Vestibular e Enem. Elaborado para ser um guia prático contém exercícios retirados de provas de Enem e de vestibular de diferentes instituições de ensino do Brasil. A obra foi inspirada no livro Física Conceitual, de Paul Hewitt – uma das principais referências de estudo.

Conversamos com os autores. Confira a entrevista.

 

Como o livro pode auxiliar os estudantes e quais as principais dicas?

Em se tratando de provas de concursos, como por exemplo vestibulares, não há dúvidas que uma forma certeira e objetiva para o estudo e preparação é a resolução que questões de provas anteriores. Neste sentido o livro mostra-se um forte aliado, pois é composto por uma seleção das mais atuais e importantes questões de provas de vestibulares conceituados do Brasil e todas as questões do ENEM. Estas questões seguem a divisão dos capítulos do livro Física Conceitual, livro este que vem se firmando como um forte aliado na preparação teórica para Física do ensino médio. Uma boa dica é unir os dois livros para um estudo completo e direcionado.

 

O livro já está sendo citado como uma obra inédita e que contempla todo o conteúdo necessário. Como foi pensada a construção do livro?

A admiração pela obra do professor Hewitt está presente desde a primeira edição em português, sua abordagem conceitual é perfeita para a compreensão dos princípios físicos, dando ao estudante uma base sólida para aplicações. Uma destas aplicações, pensadas por nós, foi a preparação para concursos onde o conteúdo da física é presente. Neste sentido os vestibulares são os que mais se destacam, logo, uma coletânea de questões voltadas a este objetivo, pareceu-nos muito interessante.  Seu ineditismo reside na seleção criteriosa das questões e ordenação em acordo com os capítulos do Física Conceitual, propiciando ao estudante uma aplicação direta da teoria à prática.

 

Qual o maior desfaio encontrado por vocês durante o processo?

Sem dúvida o maior desafio foi a seleção das questões, de tal modo que se encaixasse nas divisões do livro teórico e que realmente fossem significantes no contexto geral do conteúdo a saber.

 

Física é um tema que elimina muitos candidatos. Vocês esperam que com o livro os alunos sejam mais assertivos na prova?

O objetivo máximo desta obra é tornar o estudo mais efetivo e mais eficiente. Acreditamos que com isso as condições de um aumento de acertos, por parte do estudante, seja uma consequência deste aumento da objetividade.

 

Sobre os exercícios. O nível de dificuldade é bastante alto?

Como parte da desafiadora seleção, pensamos em distribuir bem o nível de dificuldade, tentando contemplar, as já conhecidas, quartões fácies, medias e difíceis. Dando oportunidade de desenvolvimento a todos os níveis de estudantes e de objetivos.

400 Questoes de física

Clínica laboratorial

Postado por @adim em 14/abr/2016 - Sem Comentários

Os testes laboratoriais são parte importante na prática médica. As informações vindas do laboratório nunca foram tão importantes na tomada de decisões como nos dias atuais. E para manter o aluno e profissionais da área atualizados, chega a 3º edição do livro  Laboratório na prática clínica: consulta rápida, que detalha a aplicação dos testes laboratoriais no diagnóstico das principais doenças.

Os autores destacam que a profissão continuará a crescer, em um futuro próximo, com a incorporação de novos testes, especialmente nas áreas da biologia celular e molecular.

O livro apresenta duas revoluções em andamento no laboratório clínico: a primeira é a necessidade de organizar, inovar e implementar novas tecnologias, para tornar o processo de realização de testes laboratoriais mais acessíveis para o sistema de saúde. E a segunda diz respeito ao desenvolvimento de maneiras de introduzir, na prática clínica, pelo menos parte da informação obtida a partir dos testes de biologia molecular, que cresce significativamente.

Com o grande progresso observado na ciência e na tecnologia médicas, teve um impacto significativo na maneira como os laboratórios realizam os exames, promovendo um aumento quantitativo e qualitativo de produtividade, além de ganhar velocidade e precisão nos resultados.

Atualizada e ampliada com novas sessões como a dermatologia e intensivismo, a edição também conta com uma reestruturação completa da seção sobre os exames laboratoriais mais comuns. Em formato de consulta rápida, é a principal referência no dia a dia dos profissionais da saúde.

Direto e de fácil compreensão, os capítulos abordam os conceitos gerais em medicina laboratorial, avaliação laboratorial orientada conforme a condição clínica e exames laboratoriais mais comuns.

Laboratório na prática clínica -consulta rápida

O que é uma família normal?

Postado por @adim em 12/abr/2016 - Sem Comentários

Que o mundo está de ponta cabeça já é sabido. Mas você já parou para pensar como entra a família neste contexto? Será que também sofreram modificações ao longo dos tempos? Sim. Diversos fatores influenciam na instituição familiar, como o desenvolvimento da sociedade moderna, que abandonou os padrões patriarcais. Tendo como enfoque este tema, a professora Froma Walsh apresenta o livro Processos normativos da família.

Segundo a autora, à medida que as famílias enfrentam novos desafios e apresentam diversidade e complexidade de padrões relacionais cada vez maiores, torna-se fundamental acompanhar e compreender suas lutas e esforços. O livro busca analisar como as famílias podem ter sucesso.

Logo no seu início, a publicação já questiona o que é ser uma família normal. Froma defende que definir normalidade familiar é problemático, uma vez que o termo normal é usado para se referir a conceitos bem diferentes e é influenciado pela posição subjetiva do observador e da cultura que ele faz parte. O livro aponta que sobre o conceito família clínicos e pesquisadores têm percebido cada vez mais que as definições de normalidade são socialmente construídas por visões subjetivas do mundo e pela cultura mais ampla.

O conceito de família passou por redefinições e foram orquestradas pelas mudanças sociais, econômicas e políticas das últimas décadas. Diante da nova realidade, as famílias buscaram construir laços de afeto e comprometimento. Para ajudar a entender todas estas mudanças, o livro, dividido em 23 capítulos, vai abordar a diversidade e complexidade nas famílias do século XXI, formas e desafios famílias, dimensões culturais no funcionamento familiar e perspectivas desenvolvimentais no funcionamento familiar.

Com tantas mudanças e desafios na vida contemporânea, as famílias se preocupam sobre o quanto estão indo bem. E aqui a autora destaca que, em geral, as famílias não procuram ajuda por temerem ser consideradas disfuncionais ou deficientes, mas os especialistas podem ajudar a suavizar as transições perturbadoras e a reestabilizar a vida familiar, criando novos padrões normais para se adaptarem às novas condições.

Pronto para responder à pergunta? A sua família é normal?

Por dentro da microbiologia

Postado por @adim em 05/abr/2016 - Sem Comentários

Para aprender os fundamentos e despertar o interesse no futuro da microbiologia, o livro Microbiologia de Brock consolida-se como principal leitura para estudantes e professores por sua precisão, autoridade e consistência. Reorganizada e reinventada, a 14ª edição orienta os estudantes através dos seis grandes temas da Microbiologia no século 21: evolução, estrutura e função celular, vias metabólicas, fluxo da informação e genética, sistemas microbianos e o impacto dos microrganismos.

As novas aberturas de capítulo, intituladas “Microbiologia hoje”, envolvem os estudantes na vanguarda de pesquisas relevantes para o conteúdo de cada capítulo. As Seções “Explore o mundo microbiano” se concentram em temas específicos, que auxiliam os estudantes a terem uma “visão geral” em Microbiologia, alimentando ao mesmo tempo a sua curiosidade científica.

Já são três gerações de constantes atualizações e conteúdo com pesquisa, integração entre temas e introdução à microbiologia molecular moderna.

Segundo os autores, microbiologistas vivem em todo lugar, incluindo locais extremos, até para a sobrevivência de macro-organismos.  Eles apresentam o exemplo de uma equipe de pesquisa que estuda o Lago Vida, nos vales secos McMurdo da Antártida. No local, coberto por gelo em todos os meses do ano, descobriu-se vida bacteriana imersa em uma solução salina de subcongelamento a –13°C. Descoberto por microbiologistas, esses microrganismos – bactérias – demonstraram ser capazes de realizar várias reações metabólicas diante temperaturas negativas.

Estudos futuros em seus genomas poderão desvendar os segredos genéticos que possibilitam que esses microrganismos prosperem no frio constante. E também como estão se metabolizando e se multiplicando, mesmo que de forma lenta, por meio do carbono orgânico que ficou preso na camada de gelo no momento em que o lago foi selado, há milênios.

Reorganizada e reinventada, a publicação destaca que ao entrar no mundo microbiano, o leitor será surpreendido ao descobrir onde os microrganismos vivem na natureza.

Com um projeto visual rico em imagens e ilustrações, a nova edição chega atualizada e atraente, para dar sequência ao legado de aprendizagem da microbiologia. Dividido em 32 capítulos, os autores apresentam a obra de uma forma que proporciona tanto o embasamento para a ciência quanto a ciência em si. O resultado é um tratamento verdadeiramente robusto e moderno da Microbiologia.

Completo, atualizado e indispensável.

Microbiologia de Brock

Comportamento e desenvolvimento motor

Postado por @adim em 31/mar/2016 - Sem Comentários

Desenvolvimento motor se refere ao processo de mudanças no movimento contínuo relacionado à idade, bem como às interações das restrições no indivíduo, no ambiente e nas tarefas que induzem tais mudanças.

Em sua 6º edição, o livro Desenvolvimento Motor ao Longo da Vida, destaca que se pode aprender muito examinando as mudanças nos padrões de movimento e por que ocorrem – do nascimento até a velhice. Segundo os autores a publicação vai estimular o leitor a observar e examinar as interações individuais e o ambiente, mostrando que o movimento é parte integral de nossas vidas e sua mudança é inevitável.

Os autores apresentam um modelo ou plano para estudar a mudança no movimento que ocorre ao longo da vida. O desenvolvimento motor, por exemplo, ganha destaque no primeiro capítulo onde destacam a capacidade funcional, como a capacidade de existir no mundo real e as mudanças podem ser observadas ao longo da vida.

A idade também interfere no desenvolvimento. Segundo os autores, ele pode ser mais rápido ou mais lento em diferentes períodos e cada indivíduo não necessariamente avança em idade e desenvolvimento na mesma proporção.

Dividido em seis capítulos, o livro apresenta uma vivência real, com situações comuns do dia a dia de cada indivíduo. Outra novidade da nova edição são os termos usados que são explicados na margem da página, facilitando o entendimento e compreensão.

Desenvolvimento Motor

Educação e aprendizagem ativa

Postado por @adim em 29/mar/2016 - Sem Comentários

Na aprendizagem ativa, o aluno deve ser o protagonista do seu próprio aprendizado. Para que isso se concretize na sala de aula, é preciso que o professor tenha uma compreensão clara dos diferentes métodos de ensino que podem ser utilizados para a criação de um ambiente de aprendizagem eficaz.

Segundo a autora, Anitra Vickery, durante muitos anos o currículo dos anos iniciais esteve focado na aprendizagem passiva – onde a criança era vista como um recipiente vazio que precisava ser preenchido com conhecimentos por meio de uma abordagem didática. Com o passar dos anos este pensamento e abordagem vem sendo substituída pela aprendizagem ativa.

Desta forma o livro Aprendizagem ativa nos anos iniciais do Ensino Fundamental busca ser um guia prático para professores em sala de aula e reúne pesquisas e estudos de caso que inspirarão educadores a criar e a explorar estratégias e filosofias para desenvolver sua própria abordagem de ensino.

Conforme Anitra, o aluno deve ser o protagonista do seu próprio aprendizado, e para que isso se concretize na sala de aula, é importante que o professor tenha uma compreensão clara dos diferentes métodos de ensino que podem ser utilizados para a criação de um ambiente de aprendizagem eficaz.

Na publicação os educadores encontraram as diferentes maneiras de desenvolver seus alunos através de programas concebidos especificamente e seja qual for a abordagem, o objetivo final será sempre permitir que crianças participem ativamente no pensamento e na aprendizagem de alta qualidade.

Boa leitura!

Aprendizagem Ativa_1

Manual de bolso da farmacoterapia

Postado por @adim em 22/mar/2016 - Sem Comentários

Apresentamos a 9º edição do Manual de Farmacoterapia. Dividido em tópicos, os quadros e os algoritmos de tratamento tornam o Manual a principal referência para o dia a dia da profissão. A publicação apresenta as informações mais relevantes para a tomada de decisão em terapia farmacológica, incluindo as doenças e distúrbios encontrados com mais frequência no ambiente clínico.

Dezesseis sessões tratam dos diferentes distúrbios desde ósseos, passando por nutricionais até distúrbios urológicos e transtornos psiquiátricos. Os capítulos estão organizados da seguinte maneira: definição da doença, fisiopatologia, manifestações clínicas, diagnóstico, tratamento e avaliação dos desfechos terapêuticos. Cada tema é apresentado de forma dinâmica e de fácil compreensão.

A sessão tratamento conta ainda com terapia não farmacológica, diretrizes para escolha de fármacos, recomendações de dosagens, efeitos, considerações farmacocinéticas e interações farmacológicas importantes.

A atualização foi totalmente redesenhada para um formato de livro de bolso e ganhou novo aproveitamento de espaço. Os autores também buscaram tetos mais objetivos e claros facilitando ainda mais a leitura e a ideia de manual de consulta.

O livro se mantem como principal referência para auxiliar estudantes e médicos na farmacoterapia, buscando o aperfeiçoamento contínuo e cuidados da mais alta qualidade aos pacientes.

manual_de_farmacoterapia