Sobre o BlogA
Comprar
Livro

Inspiração da semana

Sete miragens mais do que verdadeiras

Segunda-feira é um dia difícil. A gente acorda e não consegue acreditar que já é hora de levantar. Dá aquela vontade de se esconder embaixo do cobertor, mudar de fuso-horário, fugir para um oásis paradisíaco – sabe aquelas pequenas regiões férteis em pleno deserto, que só existem graças à presença de água?

Enfim, como todas as opções são, em maior ou menor medida, impraticáveis, nos contentamos em conhecer, um oásis incrível para alegrar o dia. Ou, melhor ainda, sete oásis maravilhosos, um para cada dia da semana! 😉

#1 Bahariya

A cerca de 500 km do Cairo, esta joia verde no meio do deserto egípcio é também um lugar à parte do mundo moderno. O Bahariya é considerado o oásis menos avançado tecnologicamente em todo o país: um descanso para os olhos e para a mente.


[FONTE: WikimediaCommons]

#2 Farafra

Se aquele é o menos tecnológico, este é o menor oásis do Egito. Com apenas 5 mil habitantes, o vilarejo é centro para os visitantes do Deserto Branco. A beleza natural se complementa pelos desenhos de tradição egípcia nas paredes das casas de terra.


[FONTE: Red Carpter Travel]

#3 Huacachina

Parece Egito, mas é Peru. No meio do deserto de Ica, perto das famosas linhas de Nazca, está Huacachina. A pequena vila hoje vive de turismo e esportes radicais: já imaginou fazer sandboard ou andar de buggy nas dunas do deserto e depois descansar à beira de um oásis?


[FONTE: likes]

#4 Ubari

No sudoeste da Líbia, um recanto de águas calmas nem parece pertencer ao país em conflito. Ubari está incrustado no chamado vale de Targa, e suas águas são tão salgadas quanto as do Mar Morto, devido ao sal das dunas que o cercam.


[FONTE: Social voting]

#5 EinGedi

O lugar é tão paradisíaco que é até citado na bíblia. Não bastasse ser um oásis, tem uma cachoeira com ares de surrealismo (afinal, estamos no deserto) e fica a incríveis 423 metros abaixo do nível do mar. Tá bom ou quer mais?


[FONTE: Religion Wiki]

#6 Herðubreiðarlindir

Quem conseguir pronunciar, ganha um doce! Situado no nordeste da Islândia, o Herðubreiðarlindir só recebeu seus primeiros visitantes em 1908, de tão difícil que é o acesso. Além de íngreme, o lugar está cercado pelas lavas do vulcão Trölladyngja.


[FONTE: VilhjalmurHallgrimsson]

#7 M’zab

A região de M’zab conta com mais de um oásis, na verdade. Entretanto, o que mais chama a atenção no lugar, que até já pertenceu ao Império Otomano, é a arquitetura. As cinco vilas no deserto foram construídas para a vida comunitária, embora houvesse espaços para a privacidade das famílias.


[FONTE: WikimediaCommons]

Dizer que a natureza é fascinante chega a ser meio clichê, então vamos apenas deixar subentendido. Mas que ela é, é! Para entender como é possível que esses pequenos paraísos surjam nos locais mais improváveis, recomendamos a leitura de Ecologia Vegetal: uma aula sobre plantas terrestres e sua interação com seus ambientes. Ainda para os amantes da natureza, o livro Princípios de Ecologia oferece ao leitor uma visão aprofundada sobre o assunto, trazendo também a importância da biodiversidade para o homem e para o funcionamento dos ecossistemas. 

Então, que outros lugares paradisíacos você acrescentaria à lista? 😉

Quer receber todo mês as novidades do Grupo A direto no seu e-mail?




Enviando...

Email Inválido