Sobre o BlogA
Comprar
Livro

Inspiração da semana

E se o Facebook tivesse um manual?

Você conhece alguém que tem dificuldade em utilizar o Facebook? Então vai gostar, e provavelmente compartilhar, da nova campanha do The Factory – Estúdio criativo in-house do Facebook. Eles lançaram uma série de mini-tutoriais, em inglês, com as funções mais básicas da rede social. Além de reforçar o posicionamento da empresa, que se dedica constantemente ao aprimoramento a experiência do usuário, a iniciativa chamou atenção pela linguagem que utiliza e o segmento a que se dedica.

Como compartilhar apenas com amigos (How to share with just friends)

Por mais simples que os tópicos abordados sejam para alguns, é inegável que os vídeos publicados atendem demandas de um segmento específico dos usuários de redes sociais. Como o posicionamento de uma empresa envolve as percepções que os consumidores têm dos benefícios de um produto, é compreensível a preocupação do Facebook em facilitar a disseminação dos seus recursos.

Como editar um post (How to edit a post)

É por isso que ter uma comunicação dedicada a diferentes segmentos faz toda diferença, como explicam os autores do livro Marketing aplicado, os professores Cláudio Farias, Caroline Duschitz e Gustavo Carvalho.

“A concentração em segmento único envolve riscos acentuados, pois o segmento pode deixar de ser atraente. Isso tem sido cada vez mais frequente, uma vez que as transformações nos padrões de consumo ocorrem de forma muito rápida. De igual modo, se o segmento apresenta possibilidade de ganhos acima da média, atrairá concorrentes, o que pode impelir a empresa a atuar em mais de um segmento, na tentativa de manter a rentabilidade do negócio.”

Como bloquear alguém? (How to block someone)

Principalmente para quem estuda marketing, o posicionamento das empresas diante de cada público deve ser observado com atenção. Não atoa, o próprio Mark Zuckerberg já comentou: “O Facebook não existe para ser legal, nem precisa estar em evidência, deve apenas funcionar, como a eletricidade”. Exatamente por isso que a rede social é considerada uma porta de entrada quando se fala em inclusão digital. Sendo um espaço digital funcional, rico em exclusividades para quem o frequenta, que atende diversos segmentos e se posiciona como um facilitador da navegação do usuário. A rede socialse tornou um catalisador para alcançar públicos-alvo específicos.

Como se desmarcar em uma foto? (How to untag a photo)

Somando-se à constante atualização, expansão e criação de tecnologias da informação, a segmentação tem permitido um alcance muito maior em mercados-alvos específicos. Mesmo sendo apenas uma das etapas do planejamento da estratégia de uma empresa, o posicionamento e a segmentação definidos pelos profissionais de marketing adquiriram alto valor no mercado. Afinal, tão importante quanto avaliar fornecedores ou concorrentes, toda empresa precisa conseguir conquistar seus clientes. Certo?

Quer receber todo mês as novidades do Grupo A direto no seu e-mail?




Enviando...

Email Inválido